Quanto vou ganhar com a minha franquia? - Artigos - Portal Sua Franquia - O Portal dos Bons Negócios

Quanto vou ganhar com a minha franquia?

Enviado em 15/08/2017 às 11:00:00

Quanto vou ganhar com a minha franquia? Muita gente faz confusão entre os conceitos de faturamento, lucro, salário e pró-labore, então precisamos primeiro esclarecer tudo isso em primeiro lugar


Ao abrir uma franquia, a preocupação número 1 na cabeça do empreendedor é: quanto vou ganhar? Muita gente faz confusão entre os conceitos de faturamento, lucro, salário e pró-labore, então precisamos primeiro esclarecer tudo isso em primeiro lugar.

Faturamento é a soma de todas as receitas do negócio em um período. Todas as vendas fechadas, serviços prestados, e assim por diante.

Já o lucro é o que sobra do seu faturamento, depois de pagos todos os custos do negócio e impostos.

Salário é o valor que se paga a um funcionário pelo seu trabalho.

Por fim, o pró-labore é a remuneração do sócio que trabalha no negócio, que segue um valor de mercado pelo trabalho na sua função.

Se você é um franqueado, pode ganhar de duas formas com o seu negócio: através de um pró-labore fixo e determinado, e de distribuição de lucro., ao final do semestre ou ano.

Para definir o seu pró-labore, você precisa descobrir a média de mercado paga para aquela atividade. Como atuante na operação da franquia, você deve ser remunerado por isso. Inclusive o valor deve ser parte da estrutura de custos da franquia. A retirada do sócio equivale a um salário equivalente ao de um gerente ou coordenador.

No entanto, o pró-labore não é o lucro do empreendedor. Este é apenas a sua remuneração pelo trabalho realizado. Se você optasse por não trabalhar no negócio, teria que pagar a valor correspondente a um gestor da unidade.

Se, depois de pagar todos os salários, custos fixos, impostos e o seu pró-labore, ainda houver lucro, você tem um negócio de sucesso em mãos.

Com relação ao seu lucro, o recomendável é que você mantenha metade uma parcela importante dele investido, principalmente para ter reserva de capital de giro na empresa. Se você tiver outros sócios no negócio (inclusive sócios investidores, que não trabalham no negócio), eles também deverão ser remunerados, com a distribuição de lucro proporcional à participação na empresa.


Carolina Ruhman Sandler é especialista em finanças pessoais e fundadora do Finanças Femininas, o primeiro site de empoderamento feminino através da educação financeira do Brasil. É coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva). Estudou Jornalismo na PUC-SP, Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris, e Liderança Feminina em Wharton (Universidade da Pensilvania). Foi eleita personalidade do ano de 2015 em finanças pessoais pelo site Dinheirama.



Mais Artigos de Nossos Gurus


Tema:            Guru:

Conheça Nossos Gurus


Os Artigos + lidos

24 horas 7 dias 30 dias
    Mais Você
    Copyright © 2016 SuaFranquia. Todos os direitos reservados.